Braquiópodes, o que é isto?
09 de maio de 2018

Braquiópodes, o que é isto?

Sampaio Filho, H. A.
Sousa, I. I. F.

O período Cambriano foi realmente um tempo de muita abundância quando a vida animal e vegetal deram um grande passo e que nem a extinção que veio a ocorrer no final do Permiano conseguiu deter tais avanços evolutivos. Nesse período, cerca de 90% de todas as espécies marinhas foram extintas e nas demais que sobreviveram estavam os braquiópodes, animais invertebrados exclusivamente marinhos, bentônicos e que viviam solitários no fundo oceânico, habitando desde regiões rasas até profundidades abissais.
braquiopoda 1 heli

Esses animais surgiram no final do período Cambriano e sobreviveram até os dias atuais, mesmo com a diminuição da maioria dos seus grupos filogenéticos, foram agrupados em duas classes: os inarticulata, que possuem conchas sem articulação, e os da classe articulata, que tem dobradiças bem desenvolvidas e compõem quase a totalidade dos braquiópodes conhecidos. Há uma semelhança com os moluscos bivalves, já que ambos possuem duas conchas, porém diferem dos bivalves por possuírem conchas desiguais.
braquiopoda 2 heli

Aqui no Museu Geológico da Bahia vocês poderão ver duas espécies de braquiópodes, o spirifer e o lingulida. Este último é o animal mais antigo que se conhece sem modificações evolucionárias, pertence à classe inarticulata, que surgiu no Cambriano e subsiste até hoje.

braquiopoda 3 heli

Não perca esta oportunidade de viver o presente conhecendo o seu passado, no Museu Geológico da Bahia.

Busca
Visitação

Visite as salas interativas sobre Meteoritos e Universo/Sistema Solar.

IMG_3076b
O Museu

Descubra a história do Museu, suas coleções e muito mais.

BACKLIGHT Terrac