Por que o Nióbio?
29 de junho de 2018

Por que o Nióbio?

Pertence ao grupo de Terras Raras e foi descoberto na Inglaterra em 1801, por Charles Hatchett. Em 1844, o alemão Heinrich Rose analisando amostras de tântalita deu o nome de “niobium” ao metal que vinha associado ao tântalo, inspirado na filha do Rei Tântalo, da Mitologia Grega.

columbita tantalita - Itambé

O nióbio (Nb) é um metal raro e abundante no Brasil, é o mais leve de todos os metais refratários, e um dos elementos metálicos mais resistentes à corrosão e a temperaturas extremas. Por essas propriedades é amplamente utilizado na fabricação de aços especiais nas turbinas de avião, automóveis, gasodutos, tomógrafos, lâmpadas de alta intensidade, além das indústrias aeroespaciais, bélica e nuclear.

Estima-se que o Brasil seja o detentor de mais de 98% das reservas mundiais de nióbio. As principais jazidas comprovadas estão em Minas Gerais (75%), Amazonas (21%) e Goiás (3,5%). No entanto, especificamente na Bahia, foram descobertas duas ocorrências desse metal, uma, no município de Caetité e outra, no município de Itambé, ambas em fase de pesquisa.
Venha ao Museu Geológico da Bahia e conheça a Columbita – Tantalita.

Busca
Tour Virtual

Descubra o acervo do Museu, com uma visita virtual.

DSC03696 b red
Escolas

Agende a sua visita.

100_3478c